Sintomas de carência de nutrientes

Deficiência de potássio (K)

Uma deficiência de potássio manifesta-se, primeiramente, nas folhas mais jovens; ocorre uma necrose na ponta e no bordo exterior da folha com manchas mais ou menos uniformemente disseminadas. Uma deficiência detectada de forma mais tardia (depois das uvas terem começado a amadurecer) manifesta-se pelo aparecimento de um "escurecimento castanho" entre as nervuras das folhas. A deficiência de potássio é uma das causas para a ocorrência da "murchidão da uva".

Tratamento: A melhor possibilidade para evitar a falta de potássio consiste num abastecimento correto através do solo, que pode ser medido por meio de uma análise do solo. É especialmente importante ter em conta que antes da plantação seja espalhada uma quantidade adequada de potássio e que, depois disso, sejam adicionados regularmente ao solo nutrientes. Desta maneira, também têm de ser compensadas as perdas provocadas por lixiviação. Uma fertilização de potássio com sulfato (KALISOP®, Patentkali®) é preferível a uma fertilização com cloreto de potássio. Se aparecerem sintomas de deficiência durante o período de vegetação, pode aplicar-se o potássio em forma de um fertilização foliar. Se a deficiência for detectada com antecedência, uma repetição da aplicação nos picos de necessidade contribui para melhorar a eficácia.

Outras informações

Selecione um site