Fertilizantes  ›   Notícias  ›  

14-feb-2014

A K+S KALI GmbH e o Instituto IPNI publicam os primeiros resultados do projeto: A aplicação repartida de fertilizantes à base de multinutrientes é ideal para o cultivo da palmeira dendém em solos arenosos

"Especialmente em solos arenosos, fortemente afetados pela lixiviação, uma fertilização repartida com várias aplicações parciais tem como consequência uma oferta uniforme de nutrientes e, com isso, um melhor aproveitamento dos nutrientes pela palmeira dendém", explica o Prof. Dr. Jóska Gerendás, da K+S KALI GmbH, os primeiros resultados do projeto Best Management Practice relativo à gestão otimizada de nutrientes em Kalimantan, na Indonésia.

 

A aplicação de nitrogénio e de potássio quatro vezes por ano aumentou a sua eficácia em 10 respetivamente 18 % em comparação com uma aplicação única (ver gráfico). Este é um dos primeiros resultados do projeto de investigação que a K+S KALI GmbH iniciou juntamente com o International Plant Nutrition Institute (IPNI) no sudeste asiático no ano de 2011.

 

A repartição em várias aplicações possibilita que os nutrientes sejam absorvidos pelas plantas, antes destes serem lixiviados devido às fortes chuvas que caem na região.

Resultados do projeto em Kalimantan, na Indonésia. A absorção de nutrientes refere-se à infrutescência e ao tronco.

"Com componentes de fertilizantes individuais não são praticáveis várias aplicações", continua Gerendás a explicar. "Por isso, recomendam-se modernos fertilizantes compostos (bulk-blends) à base de Korn-Kali® e de outros componentes, para suprir as grandes necessidades da palmeira dendém no que respeita a nitrogénio, fósforo, potássio, magnésio, enxofre e boro. Mediante aplicação destes fertilizantes mistos e equilibrados fica coberta, além disso, a relação ideal entre os nutrientes e a respetiva necessidade."

 

Os resultados do projeto foram publicados sob o título "Effect of nutrient application frequency on nutrient uptake in oil palm on sandy soils" – "Influência do número de aplicações de nutrientes na absorção de nutrientes pelas palmeiras dendém em solos arenosos" no Congresso Internacional sobre a Palmeira Dendém PIPOC. Os autores são, além de Gerendás, Chris Donough e Thomas Oberthür do Instituto IPNI, colaboradores da sociedade de plantações PT Sampoerna Agro Tbk.

 

O objetivo do projeto Best-Management-Practice é, através de uma prática otimizada de cultivo com base nos mais recentes conhecimentos agronómicos, aumentar de forma sustentável a produção de óleo nas plantações existentes e, assim, evitar uma ampliação das áreas de cultivo.

 

O Congresso PIPOC (Malaysian Palm Oil Board International Palm Oil Congress) é organizado pelo Conselho MPOB (Malaysian Palm Oil Board) de dois em dois anos, e é o mais importante congresso internacional sobre todas as questões relativas à palmeira dendém. Em novembro de 2013, a conferência contou com mais de 2.000 participantes vindos de todo o mundo, tendo a maioria vindo da Malásia e da Indonésia, seguida pela Tailândia e a Colômbia.

Outras informações

Publicação "Effect of nutrient application frequency on nutrient uptake in oil palm on sandy soils“ (Influência do número de aplicações de nutrientes na absorção de nutrientes pelas palmeiras dendém em solos arenosos) para descarregar (pdf) (apenas disponível em Inglês)

 

Continuar para a página da internet do IPNI do Sudeste Asiático

 

Magnésio – um nutriente indispensável para a palmeira dendém

Vista geral das noticias

Selecione um site